Skip directly to content

O Mundo do Trabalho no Pós-Pandemia

23/09/2021

Ao longo da última década, os brasileiros passaram a interagir de forma cada vez mais próxima com a tecnologia. A partir das restrições a que a Pandemia do Covid-19 submeteu-nos, este processo acelerou-se de forma mais intensa.

As mudanças puderam ser vistas sob diferentes aspectos das relações sociais, em todos os segmentos. As ferramentas online proporcionaram aos cidadãos usufruírem de um trabalho dinâmico, unindo colaboradores em diferentes lugares. Do mesmo modo, foi possível observar a adaptação da educação aos mais diferentes desafios.

Com a Pandemia, o desenvolvimento do trabalho remoto, que antes estava começando a ser debatido, foi abreviado de modo a tornar-se ponto central das discussões nas administrações públicas e privadas. Os impactos das relações de trabalho também terão implicações jurídicas que ainda são desconhecidas. As formas como as pessoas passaram a relacionarem-se nesses ambientes, assim como os meios para isso, sofreram grande transformação, situação totalmente diferente do que já vivemos.

O brasileiro e, em especial, o sul-mato-grossense, é incrivelmente ágil, somos feitos para sobreviver e adaptarmo-nos às mudanças. O “Home Office” trouxe-nos a distância em relação aos colegas de trabalho. Forçou-nos à adaptação a um novo ritmo, com horários diversificados e demandas rápidas. Ao mesmo tempo, o “trabalho de casa” possibilitou que empresas com filiais em outros locais pudessem manter seus colaboradores em suas cidades de domicílio; o que promoveu a aproximação do núcleo familiar, unindo pais, filhos e cônjuges.

O mundo nunca mais será o mesmo depois do surgimento do novo Coronavírus, e no âmbito do aperfeiçoamento profissional não seria diferente.  Num mundo de rápidas e constantes transformações, atualizar os conhecimentos é uma questão de sobrevivência no mercado, afinal, com o fechamento de muitos empregos e atividades ganhando espaço, a busca por conhecimentos novos se tornou essencial e necessário para quem deseja se recolocar ou manter-se no trabalho.